Boracay filipinas

Chegar a qualquer ilha nas Filipinas são sempre horas, apesar de haver aeroportos em todo o lado, são sempre longe de tudo e esta coisa das Filipinas serem 7.000 ilhas obriga-nos a entrar sempre em barcos para chegar a qualquer lado.
O nosso destino é Boracay não é claramente a minha típica escolha, mas era o único sítio que encaixavam os voos e como tudo é tão fantástico nas Filipinas há sempre garantia que vamos gostar.
Claro que quando saímos do aeroporto levamos com mais 2 horas de carro e quando chegamos ao barco há mil pessoas para entrar e começa o cansaço, lá conseguimos entrar num barco e 15 minutos depois estamos em boracay, já só falta apanharmos um motocycle até ao fantástico apartamento dentro da praia que alugamos.

20140410-184805.jpg

O apartamento é lindo e fica dentro da praia de bulabog uma praia típica de kitesurf e nada comercial.

Passamos as primeiras horas a relaxar neste paraíso e da parte da tarde fomos à famosa white Beach que circo de praia quilos de pessoas para ver o por do sol há pessoas de todo o mundo e inclusive há grupos excursionistas … Não nos convence apesar de ser uma praia linda, tem muita animação nocturna e quilos de restaurantes para jantar. Fica para isso mesmo para a noite.

20140410-185325.jpg

Viajar

viajar

 

Viajar é o refresco da alma

Viajar é realmente o refresco da alma, vimos coisas para além do nosso imaginário, relembra- me sempre que sou uma privilegiada por ter tudo o que preciso, mas também me relembra que a vida é curta e que devia de aproveitar mais, relativar mais e dedicar mais tempo ao que é importante e menos horas ao trabalho.
Objectivamente quando chego esqueço isso em 2 dias, mas é sempre bom relembrar me.

O que é importante para conseguir fazer as viagens da nossa vida , aqui vão algumas dicas :

– estabelecer um budget e não sair dele, as férias passam a correr e não merece endividar-nos por elas(não é desta vez que vamos às Maldivas, não faz mal procuramos algo parecido )

– saber bem o tipo de viajante que somos e onde está o nosso limite e o nosso prazer, não vale a pena pensar numa viagem de mochila às costas quando odiamos carregá-la, odiamos comboios cheios de gente e passar o tempo a negociar

– saber o que nos vai fixar , as datas das férias ou o destino, não devem ser as 2 porque assim será difícil encontrar um bom preço para o voo, e depois procurar em sites como o skyscanner e afins. Mais importante jogar bem com as escalas, principalmente para nós que vivemos em Portugal, muitas vezes um voo que sai de madrid ou Amesterdão é bem mais barato e para nos é barato chegar até la

– estar atento as promoções das linhas aéreas – parece óbvio

– depois de ter o avião chega o momento de ir ao improviso ou levar tudo marcado depende mais uma vez do tipo de viajante ( os 2 têm vantagens e desvantagens)

– ao escolher o hotel ler sempre críticas sobre ele estamos a falar de pessoas que já la tiveram por isso vai ajudar mto. Tripadvisor, agoda, homeway são sites cruciais

– saber sempre que somos turistas e que nós vão tentar vender e contar muita coisa que não é precisa ou verdade, é muito importante saber dizer não, saber os preço médios das coisas

– mas mais importante que tudo é explorar, sair do normal , falar com as pessoas, descobrir aquela praia sem ninguém , aquele restaurante especial hiper típico….

E pensar que os cuidado que temos em casa são os cuidados que devemos ter fora.

Uma viagem terá sempre muitas histórias para contar e só por isso vale a pena

Filipinas

Vamos voltar a este fantástico país depois de 5 anos, depois disso já tivemos 2 filhos e este pais passou por um tsunami e tremor de terra horrível, como o vamos encontrar?

A primeira impressão é como sempre boa, enganamo- nos e compramos um bilhete para as 9 Pm quando o que queríamos 9 am imaginem a nossa cara depois de vir de beijing desde a 1 da manhã agora ter que esperar até as 9 da noite , claro que nos arranjaram uma solução e se não estiver cheio o voo das 8 deixam nos embarcam.
Ás 7h40 era verem 4 carinhas ansiosas, mas muito esperançosas e como quem espera sempre alcançá-la vamos embarcar rumo a kalibo a ansiar um fantástico mergulho em boracay … Mas até lá ainda temos um avião e um taxi, mas ainda damos uns mergulhos hoje.

Beijing

Finalmente chegamos depois de horas de voo, eu especialmente estava exausta porque não dormi nada, mas só chegar a um sítio novo dá-me todas as forças.

Beijing começou-nos a surpreender desde logo!!!
Apanhamos um taxi em direcção ao hotel e a aventura começou, o taxi era um verdadeiro Walter conduzia que nem louco e a loucura acabou da pior maneira com um acidente … de pura teimosia e para não dar passagem a um carro nenhum dos 4 nos aleijamos, mas podia ter corrido muito mal, os miúdos tinham os cintos e foi mais o susto.
Claro que depois veio a luta entre os 2 galos condutores, mas logo a eficiente polícia chinesa chegou para resolver tudo.
Durante todo este tempo toda a gente nos ignorou, era como se nem estivéssemos no carro, claro que ninguém também falava nada além de mandarim.
Depois desta grande aventura e já a desejar muito a chegada lá chegamos ao hotel, que foi uma excelente escolha posso dizer – Hwa hotel – na zona comercial e muito grande os quartos e numa zona cheia de ambiente .
Mesmo sem dormir lá corremos para a cidade proibida, que é um espectáculo único, palácios e palácios magnânimes lindo de visitar.
Depois fomos para o norte de dongcheng jantar e descobrimos mercados e mais mercados , é uma zona nova cheia de fantásticos mercados , com tudo o que se possa imaginar : escorpiões vivos, espetinhos e quilos de coisas para comprar … Lindo os mercados
O cansaço atacou-nos verdadeiramente já eram 22 horas e quase não tínhamos dormido fomos para casa porque já estávamos mortos e claro de metro que tem uma rede fantástica .

Acordamos 14 horas depois com o telefone e tocar a perguntar quando fazíamos o check out, eram 13 horas como era possível termos dormido tanto e os miúdos continuavam mortos a dormir … Devíamos estar todos mortos .. Bem correr para fazer o check out e ir passear pois o nosso avião para as Filipinas é só à 1 da manhã .

Hoje andámos pela parte antiga de Beijing terminando em hatong que é uma perdição … Lindo lindo a não perder se não tivéssemos o avião ficava perdida por essas ruelas umas mil horas , mas gostamos tanto que reservamos o último hotel aqui. Foram horas para entender preço e tudo, mas valeu a pena pois o hotel é lindo e está na parte mais linda de Beijing

Vamos a correr para o aeroporto e cheios de vontade de voltar.

Já dominamos língua gestual que aqui é a única que nos safa.

20140409-072945.jpg

20140409-073013.jpg

20140409-073057.jpg

Nepal em Lisboa

 

Lisboa tem cada vez mais restaurantes de comida de fora, nomeadamente Nepaleses; e aqui vai uma boa referência de restaurant nepales

Há algum tempo que queria ir a este restaurante Casa Nepalesa e não podia estar mais certa.

A decoração é bonita e elegante e a comida uma perdição; há tanta escolha que é difícil escolher de tanta oferta; há pratos de frango, vegetais, camarão e cabrito.20140405-144239.jpg

Não houve20140405-144253.jpg um prato que não tivesse adorado , o pão, o masala tudo perfeito.

Um restaurante a não perder para quem gosta dos sabores do Nepal

 

Uma refeição por pessoa com vinho fica por mais ou menos 20€, bem mais barato que uma viagem a Nepaç

 

Avenida Elias Ga20140405-144305.jpgrcia 172 em Lisboa

;