Viajar em 2018

Viajar em 2018

IbizaEm 2018 não foi um mega ano de viagens.
É curioso porque foi o ano que me despedi em teoria para ter mais tempo e liberdade, mas na prática liberdade não é sinonimo de tempo e de conseguir viajar mais.
Claro que depois ainda há que encontrar companhia e claro o dinheiro que por pouco que seja tem que existir.

Estive 3 semanas em Indonésia que é aquele país a que chamo casa e que adoraria viver.
Infelizmente é um país que nesta altura está novamente a sofrer um tsumani e que os desastres naturais têm massacrado muito muito.
Mas 3 semanas que estive lá houve mais de 30 réplicas e terramotos e é ingrato para este país continuar a sofrer tanto.

Indonésia é aquele país que te vai surpreender sempre, pois em cada ilha há quase uma realidade nova.

Quase todos se focam em Bali e Bali é claramente uma ilha mitica e única, mas não se fiquem apenas por Bali pois há muito mais além desta ilha. Explora outras seja de mochila às costas ou de mala Samsonite, não interessa o como, interessa o ir e ajudar este país. E explorar toda a beleza deste país.
Este ano a minha descoberta foi de Derawan aquele sítio que já não existe.

Estivemos também em Belize o oposto da Indonésia, mas com uma beleza natural também gigante.
A beleza de Belize para mim está no mar, que é de um azul perfeito.
Tem também o interior que está cheio de ruínas lindas.
Mas o mar é único, e é aquele país que está tão organizado que se percebe que os Americanos têm tido influencia aqui.

Como quando íamos para Belize a ideia era passar uns dias em Nova York, mas quando se viaja os planos também saem furados e acabamos em Londres, o que para mim é sempre maravilhoso pois dá para ver a minha amiga e acordá-la as 6 da manhã a dizer vou ao jantar.

E parámos também em Houston confesso que nunca esteve na minha lista visitar o Texas, mas fomos ver um jogo de NBA que é uma experiência maravilhosa.

Em Maio foi a vez de Grécia mais concretamente as ilhas gregas… Ou melhor uma das ilhas gregas – mykonos foi o destino e amei. Caríssimo é a palavra associada a esta ilha, mas linda também.   Mar quente, boa comida e uma moto 4 para aproveitar a ilha.

E Setembro foi a vez da minha segunda paixão – IBIZA, já sabem não há ano que não deixe de ir lá.. Amo!!!
E depois acabei o ano de 2017 e acabei o 2018 em Santander que em formato familiar não dá para visitar muito o que se compensa em comida claramente a falta de passar o Natal com a minha família.

Assim em resumo foi um ano fraco o objetivo era um país por mês e fiquei tão longe… Mas estive 3 semanas em Indonésia e a quantidade nem sempre é qualidade.

Indonésia
Houston
Londres
Belize

Ibiza
Santander

Em  2019 tenho que viajar mais,alguma recomendação?