Ser Mulher numa terra de Homens

Carla a Blogger de viagens

Ser Mulher numa terra de Homens

Mulher é infelizmente aquela palavra que ainda é significado de inferioridade, ainda ouvimos: bates como uma menina, corres que nem uma menina e não chores que isso é de menina.

Até quando? Não sei, mas também sei que temos que ser nós a não deixar isso acontecer. É difícil sim é .
Quantas vezes vi homens a serem promovidos à minha frente com menos qualidades, com menos talento, com menos garra e a fazer metade do que eu fazia. Mas era homem: jogava golfe , ou falava de futebol ( eu até gostava, mas quem dá crédito), ou engatava mulheres e falava disso, e isto não é muito mais interessante para o negócio ?
Ouvi coisas como : não te podemos promover porque ainda és nova e não queres casar e ter filhos e isso demonstra pouca estabilidade ( lamento , casei, tive filhos e foi aí que me despedi) , está longe de ser o que dá estabilidade .
Ouvi coisas como estás a chegar àquela idade e precisamos de saber se queres ter filhos porque isso vai impactar a tua dedicação ( tive filhos e nunca deixei nada para trás, nunca deixei cair nada, nunca deixei de entregar nenhum trabalho , infelizmente os filhos ficaram muitas vezes para trás porque durante anos achei que tinha que demonstrar que não era isso que alterava nada e isso também está errado).
Nunca ninguém se zanga ou deixa de promover um homem porque tem que ir jantar com a mulher todos os dias ( até vejo muitas vezes o ar cúmplice de.. vai, vai coitado) , ou mais engraçado ainda porque todos os dias tem que ir ver a mãe, isto é tudo normal.
Ouvi muitas vezes dizerem que as mulheres não estão nos altos cargos de direção porque um dia optaram por ser mães, sim porque isto ou é uma coisa ou outra; as duas não podemos ter.
Mas também fui eu que sempre que ouvi isto fui para casa cheia de raiva pela injustiça, por sempre ter trabalhado horrores e nunca chegar, frustada ainda dava mais e mais e para nada servia.
Com os anos fui aprendendo que não nos devemos calar, devemos de apontar o dedo, mesmo que o sentimento seja não vale para nada. Porque só assim um dia muito longínquo as mulheres vão ser olhadas de igual para igual.

E acredito que um dia isto vai mesmo acontecer e os homens vão deixar de se sentir ameaçados pelas mulheres e vão olhar para elas como pares e as oportunidades vão nascer.
Mas isto está longe de ser só no trabalho, todos os duas ouço coisas como, mas o teu marido deixa- te sair? Grande surpresa ele não é o meu dono.
O teu marido deixa- te ir de fim de semana, de viagem de trabalho ….. e quem trata dos teus filhos e espantem-se muitas são mulheres !!!
Por isso quando procuramos a igualdade temos que a querer mesmo, e não podemos continuar a julgar as mulheres ou as competências dos homens porque isso também não é igualdade.

Sofremos tanta desigualdade no trabalho que o que fazemos a seguir é demonstrar que somos melhores em outras tarefas? Isso não é igualdade.

Mas também sei que apesar de ter sofrido muita desigualdade e isso nunca me ter levado onde eu sei que ia dar cartas e fazer a diferença, também sei pelo que viajo que isso não é nada comparado com a desigualdade que há no mundo.

Já vi muitos paises em que as mulheres são tratadas como lixo, como escravas, como não valendo nada e a minha realidade perto dessa não é nada.

Mulheres que são mortas porque se apaixonaram, mulheres que são espancadas por ter opinião, gostos ou sonhos, mulheres brilhantes que nem sequer podem trabalhar.

Por isso existe um dia da MULHER não porque esperamos receber flores ( quem me conhece sabe que nem gosto), mas porque é importante que nem que seja por um dia todos se lembrem disto e tentem fazer uma coisinha diferente, porque são os pequenos gestos que podem provocar a mudança.

Faz o teu pequeno gesto hoje e pode ser que os nossos filhos, netos, bisnetos vivam num mundo em que as oportunidades vão ser iguais.

A todas as mulheres que me têm inspirado a ser quem sou hoje muito obrigado ( elas sabem quem são);  aos homens que têm estado ao meu lado e tentam todos os dias que seja diferente e aos meus pais que me educaram sempre num ambiente de igualdade e me apoiaram para ser sempre mais e melhor, mas sem nunca abdicar do que é importante  este dia é dedicado a vocês.