Best of 2017

colombiaBest of 2017

 

Já todos estão em 2018 e eu ainda a pensar no Best of 2017.

Mas eu sou mesmo assim, cheia de balanços, reflexões e análises SWOT; sou também uma pessoa geralmente agradecida e estou muito agradecida a 2017, a quem me rodeou, a quem me apoiou e a quem me deu força que foi muito necessário em 2017.

Não sou de me focar nos momentos maus, por isso não esperem por eles; embora também tenham existido e vale a pena não os repetir.

Sei que 2018 vai ser um ano de mudanças por isso o 2017 é preciso estar bem analisado.

Assim e sem mais delongas aqui vão os meus prémios de vida para 2017.

Maior Desafio 

Este ano esteve cheio deles e mostrou-me que sou capaz e que lutando tudo se alcança ou se chega perto.

Tenho uma lista grande, mas vou-me focar em 3:

  • tirar o curso de professora de Yoga para adultos – quem diria há 10 anos atrás que estaria a investir nisto. Mas o yoga trouxe-me balanço, superação e tranquilidade. E este curso está a ser um verdadeiro desafio. Pela dedicação constante, as horas despendidas, por ir muito além da minha zona de conforto, pela dificuldade, por não ser naturalmente brilhante nele. Mas também por estar a descobrir o meu espaço, que sou capaz de fazer outras coisas e que a dedicação leva à superação. Ainda não o terminei e ainda faltam muitos trabalhos, muito estudo, mas lá chegarei. Não sei se algum vez serei professora de adultos, mas independentemente disso está a ser um mega desafio.
  • dar aulas na universidade que me formou – Bom filho a casa retorna. Foi no timing certo, e está a ser magnifico. Pela aprendizagem constante; os desafios que me lançam, e principalmente por tudo que os alunos me têm ensinado. Mas mais que tudo porque foram os momentos que mais prazer profissional me deram em 2017. Apesar de muitas vezes ir estafada depois de um dia de trabalho, quando estava à frente da turma a minha energia recarregava e a isso chamo prazer e felicidade a trabalhar que tanto me satisfaz e acredito.
  • pool dancing – adoro experimentar novas coisas, mas existem coisas que realmente se revelam muito difíceis e pool dancing é uma delas. Fiz um workshop que me deu 2 semanas de dores corporais e muitas nódoas negras e a perfeita convicção que o que parece fácil muitas vezes está rodeado de muita técnica e muito trabalho.

 

Livro do Ano 

Aqui vou deixar o meu muro das lamentações. Foi um ano miserável em leitura.

Fechava KO a casa e entre o meu trabalho, a preparação das aulas, correção de trabalhos, fazer os trabalhos para o yoga, estudar Yoga. Os livros ficaram para 120º plano.

E não pode ser.

Adoro ler e tenho que arranjar tempo para isso.

Assim os meus livros andaram à volta do meu trabalho: Yoga; Marketing;  People and culture; mas há um que me aligeirou os dias – O pequeno Buda – fácil e um bom guia.

Objetivo 2018 – ler mais e por prazer e não trabalho

boa baoMelhor restaurante em Portugal 

  • Boa Bao – foi lá muito e eu não repito muitos restaurantes gosto sempre de experimentar novos. Mas este vale cada repetição. Bom serviço, Excelente decoração e a comiiiiddaaa delicia .Boa Bao

Melhor restaurante fora de Portugal

  • Uma surpresa, mas é aquele sitio que não damos nada e passamos lá bons tempos e repetimos e gostaríamos que existisse em Portugal Kitti Chai

Melhor bebida

  • O meu eterno Pistolas y Corazón que têm as melhores margaritas que resolvem qualquer dia de trabalho mau, chatices e problemas fúteis Pistola y Corazón

Já fui tarde

Feria em Sevilha, como nunca tinha ido antes ?

Melhor comida provada

  • Arepas na Colombia uhmmmm

Melhor viagem 

Esta decisão sempre tão difícil. Confesso que adorei todas, mas como não podia? É o meu maior prazer.

Mas South Africa deu-me algo que nunca tinha vivido. O Kruger Park é uma experiencia magnifica de um verdadeiro safari feito à nossa medida e satisfação. A diversidade de animais, o Pôr do Sol e até o amanhecer na Savana de Africa é algo único.

Frase do Ano

  • It’s the will not the Skill  – Querer é meio caminho andado para acontecer, é preciso é querer muito e não desfocar.

Melhor hotel

  • Los Patios Boutique hotel em Medellin é aquele hotel de onde não apetece sair e que em cada canto encontras alguém para conversar, dar-te uma dica … Amei ! – Los patios

colombiaPrazeres instantaneos 

  • Comer fruta nas ruas da Colômbia com um sabor maravilhoso
  • Ceviches na colombia e as suas magnificas Arepas
  • Um copo de vinho da Africa do Sul depois de um dia de Safari
  • Um mergulho numa praia em que a àgua está acima de 28º graus
  • Uma bebida ao final do dia com aquela pessoa que nos faz sentir sempre bem – obrigado Leonor; obrigado Nelly; obrigado Tomás; obrigado Motherfuckers, obrigado Família Moderna
  • Um almoço surpresa, umas gomas deixadas no local de trabalho num dia em que pensas que trabalhas para nada
  • um sorriso ao chegar a casa
  • A superação dos meus filhos
  • um Whatsup da Leo matinal com o seu relatório na sua second live na Holanda

 

Melhor constatação

  • Os meus filhos estão a crescer muito rápido

Decisão do ano

  • Comprar uma casa quando não acredito na posse
  • Colocar limites que há muito já tinham sido ultrapassados

Momento alto

  • continuar feliz
  • dar aulas na ESCS
  • apaixonada todos os dias
  • momentos criados por amigos muito especiais

Desilusões

  • .Festa Natal empresa
  • não fiz 1 viagem por mês
  • saúde do meu pai

Momento solidário 

  • 1 hora de voluntariado por semana a dar aulas de Yoga Kids
  • manter o  Todos ajudamos

Carreira

  • continuar a rir no meu local de trabalho apesar de tudo
  • novos desafios
  • kilos de planos bbs

Inesquecivel

  • Kruger Park
  • Golfinhos no Sado

Aprendizagem

  • Dmexco
  • nova equipa

Vale sempre a pena voltar

  • Algarve

Melhores visitas

  • Emigras quando voltam a casa: Nelly; Machado; meu primo

Momentos difíceis

  • operação do meu filho
  • operações do meu pai
  • Saúde no geral

Stress do ano

  • não ter tempo para dormir

É bom saber

familiaQue uma família que abdicou do seu tempo comigo, para dar espaço à minha realização e satisfação pessoal. Foram espetaculares

E quando se olha para isto tudo nem dá para acreditar que foi tudo o ano passado.

Só espero que este seja só assim, cheio de coisas boas e que o que falta mudar aconteça porque eu vou lutar por isso.

BOM 2018 – Superem -se

 

 

 

 

colombia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sabática 2 anos depois

Fez na 5ª feira 2 anos que partia para uma das melhores experiências da minha vida a sabática. Não sou uma pessoa nostálgica, nem saudosista, mas confesso que esta semana me tem batido forte ambos os sentimentos.

A sensação de liberdade e tempo que senti nesses 4 meses são algo único e sem preço.

Tudo o que aprendi, mudei e conheci vale mais que muitos anos de experiência.

timorTomei muitas decisões nesta sabática e muitas delas até hoje se mantêm:

  • iniciei um curso de professora de Yoga para crianças que acabei e logo comecei a dar aulas e é um dos meus pontos de fuga que me trazem mais felicidade todas as semanas
  • comecei o curso de professora de Yoga para adultos, e estou a adorar
  • com o meu marido mudamos completamente a lógica dos nossos filhos e nunca mais os nossos filhos saíram da escola às 19/20h
  • adotamos mais um filho
  • e principalmente descobri que os sonhos existem, mas que devemos lutar por eles e não passar a vida toda a sonhar, senão nunca teríamos esta sensação que tenho agora de saudade e nostalgia, mas ao mesmo tempo os flash dos momentos de todos estes dias dos 4 meses

E tive coisas que nunca mais vou esquecer por mais simples que sejam:

 

  • sim é possível ler 12 livros em  12 semanas e lembro-me que cada um deles com um detalhe que não me lembro de outros que li: Dorothy; navio de opio; Estrada real; daddy’s little earner; casamento em Veneza; Las edades de Lulu; Family tree; Room; Grey; ghost Girl; bali daze; um casa de chá em cabultopu honi timor
  • tudo o que pensamos que é crucial para vivermos, não é, pois a felicidade faz-se com coisas tão simples como um abraço de 20 crianças ao mesmo tempo, um mergulho onde nos cruzamos com uma tartaruga; um nasi goreng na rua a 1€; uma cabana onde entra todo o tipo de animais e sem casa de banho na praia; casas que nos abriram sem cobrar nada e sem pedirem nada em troca e podia estar aqui uma noite
  • que basta dar o nosso tempo que muitas ongs agradecem pois não têm recursos nem capacidade para ir além das necessidades básicas
  • os amigos vão acompanhar-nos sempre estejamos nós onde estivermostopu honis
  • é possível crianças viverem sem tv, telemoveis, tables e brinquedos e são hiper felizes com uma folha de bananeira a escorregar por uma ladeira a tarde toda e a rir como pouca vezes os vi
  • que quando nos deparamos com a nossa família 24/07 acontecem micro momentos de felicidade constantes, que na loucura e no stress do dia a dia nunca mais conseguimos reproduzir
  • que o maior lider que conheci e que mais me ensinou sobre liderança, encontrei no meio do nada, num local que para chegar são necessárias mais de 24 horas, sem praticamente acesso às novas tecnologias, mas que geria 150 pessoas numa estratégia de auto responsabilização única e com um nível de sucesso que não conheço igual

tartarugas bebesDeixo algumas fotos que nesta última semana têm cruzado pela minha cabeça a cada segundo.

 

Ramen em Lisboa

 

Foi esta a sensação que tive na 6ª feira quando provei o Ramen.

Quando começamos a ler a ementa chama logo à atenção pois existem 3 pratos e a ementa começa com sabemos que temos pouca escolha, mas fazemos os nossos ramens com tanto carinho que preferimos fazer pouco, mas bom.

E não podia ser mais verdade. Os cinco comíamos sem falar de tão bom que é. Provamos os 3 e tenho dificuldade de dizer qual o melhor, pois adorei todos. Talvez o vegetariano por ter leite de coco, mas o Shoyu também é algo de especial, com o ovo no ponto.

O serviço também foi de excelência, não reservei, mas logo conseguiram alterar a sala para nos conseguir encaixar.

 

Assim escolho claramente o Kokoro Ramen Bar o melhor Ramen da cidade.

Kokoro Ramen Bar – Avenida Rovisco Pais, 30A, Arroios, Lisboa – 21 19 74 713

Kokoro Ramen Bar Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Quando viajar incomoda …

Quando viajar Incomoda


viajar

Quando se descobre que viajar incomoda  num jantar de verdadeiros desconhecidos.

Vão imaginar que foi o jantar mais rico de posts de todos os tempos, mas realmente confesso que foi.

Acho que podia passar meses a escrever posts com o que vivi no jantar.

Bem depois de superada a separação da familia ficamos claro numa mesa em que não conheciamos ninguém.

Não que isso nos incomode muito, pois confesso que adoro conhecer pessoas e ouvi-las, mas há algo que me incomoda horizontes fechados.

Para começar a falar com desconhecidos é sempre preciso encontrar um território comum a partir daí um mundo de oportunidades abre-se e assim foi , uma pessoa que estava ao meu lado fez uma referência que adorava fazer mergulho e viajar e claro está, a oportunidade para o jantar não se tornar enfadonho estava à minha frente e logo me lancei.

Começou a comentar os sitios que mais adorava e eu fui tirando notas mentais.

Claro que se pode sempre esbarrar na incompreensão dos restantes elementos e assim foi.

A partir dái os restantes 4 elementos da mesa faziam questão que afirmar que quem viaja não conhece o seu pais, não vejo a ligação, se adoro viajar porque não gostaria de o fazer no meu pais? Senão porque vivo cá? Sou masoquista?

E todo o diálogo rodou à volta… ah pois isto no Cambojda não há, claro que no cambodja não há por isso é que o Cambojda é o Cambodja e Portugal Portugal.viajar

Depois de 30 minutos à volta disto que o meu riso para dentro já começava a vir para fora, começou, o momento vou atirar cá para fora todos os mil restaurantes que conheço e que de certeza aqueles 4 nunca ouviram falar, sim porque como eles viajam, quando estão em Portugal fecham-se numa caverna para não ver nada.

E então passou a ser um diálogo de surdos:

– Ah e aquele restaurante em Cacela, onde se come umas cadelinhas únicas, claro que não conhecem preferem a Austrália,

-Bem por acaso é um dos meus favoritos, vamos lá sempre que podemos

-uhmm mas o zé … esse já não,

-por acaso esse não, é onde?

-sabem lá, nem vale a pena explicar não conhecem nada em Portugal

 

E foi assim todo o jantar agora digam-me eu incomodo alguém quando viajo? Eu proibo alguém de viajar? Eu recrimino alguém de viajar apenas por Portugal, não … então porque tenho que aturar isto.

Acabamos nós, quase com vergonha de trocar dicas porque havia alguém na outra ponta da mesa muito incomodado com as nossas viagens. É realmente absurdo.

Se eles têm tanto orgulho de há 20 anos passarem férias no Algarve; que tal partilharem com o mesmo orgulho os sitios que gostam? Eu sempre que gosto de algum sitio/ restaurante/ praia, partilho no blog, dou a dica … porque penso que quanto mais pessoa puderem ter a minha fantástica experiência melhor.. É mesmo por isso que este blog existe e não para eu ficar rica, pois o que acontece é que perco muitas horas e como podem imaginar ninguém me paga por isso.
IMG_3179

E porque partirem do pressuposto que só Portugal é lindo e magnifico se não querem conhecer nada e nem considerar conhecer; se calhar, mas só se calhar há sitios tão bonitos como em Portugal, diferentes claro, mas bonitos.

É curioso que o meu estilo de vida incomode tanta gente, mas o mundo cada vez é mais intolerante exactamente por não se aceitar a diferença.

Sejamos tolerantes e deixem os outros ser felizes por mais esquisita que a felicidade deles seja!!!

Quando viajar incomoda imagem o que não pode incomodar o resto.

 

 

 

 

Resumo de uma sabática

Resumo de uma sabática

Hoje mais que um post a falar de uma viagem vou postar um link que resume quase após um ano uma aventura deliciosa e a prova que ainda há pessoas que valorizam esta experiência – resumo de uma sabática

Espero que vos inspire tanto este texto como me inspirou escreve-lo !!!!

 

E que inspire muitas pessoas a lutarem pelos seus sonhos que só isso nos mantem felizes

 

O resumo de uma sabática

Kenya – Orfanato da ADDHU

A vida é feita de coincidência e não é que depois de voltar de Timor apaixonada pelo Topu Honis Topu Honis e querendo manter o meu legado mais longo, a Catarina uma mulher que nunca desiste coloca os seus mil contactos e acabo por ealmente conseguir enviar 4 fantásticas caixas para Timor, cheias de roupas, computadores, jogos e livros.

Fila para lavarem as mãos
Fila para lavarem as mãos

No meio deste processo conheço a Susana Neves que trabalha na transportadora e que em um telefonema vimos que temos muito em comum. Pessoas apaixonadas por projectos poucas vezes não os tentam vender em cada minuto de tanta paixão que corre nas suas veias.

Coincidência da vida a Susana também faz voluntariado no Kenya e desde logo me cativou a sua instituição.

O Kenya como todos sabemos é um país muito pobre e a Susana em vez de tirar férias e ir para um resort relaxar, arregaça as mangas e vai para o Kenya ajudar a associação ADDHU – ADDHU. A ADDHU tem um orfanato que acolhe crianças orfãs, que infelizmente num país como este ainda é uma realidade e ajuda a comunidade dos Bairros de lata de Nairobi a terem escola e comida.

plasticina um luxo de bricadeira
plasticina um luxo de bricadeira

 

Para terem noção, o que se gasta por vezes num jantar de 4/5 pessoas paga o salário de uma professora no Kenya, por isso imaginem como cada euro pode fazer a diferença para estas crianças, onde a escola é muitas vezes o único sitio onde comem e a única esperança de uma vida melhor.

 

O que me deixa feliz é que ainda há pessoas como a Susana que gastam as suas férias a lutarem por um mundo melhor, que em vez de irem descansar optam por se cansarem ainda mais, mas de onde voltam com o coração cheio e com a certeza que fizeram a diferença.

Os momentos de atenção partilhadaPessoas como a Susana que voltam e perdem todas as suas horas livres a juntar fundos, roupas .. porque o seu coração fica sempre um pouco lá e sempre que chegamos a casa e vemos o que temos, nos lembramos do que falta aos outros. E é nesses momentos que percebemos que somos privilégiados e que sempre que reclamamos no fundo não temos nada para reclamar porque não nos falta nada.

É bom na vida cruzarmo-nos com pessoas como a Susana que mesmo não me conhecendo de lado nenhum dedicou o seu tempo a ajudar a minha paixão e a alimentar o pedaço do meu coração que ficou em Timor. Que partilhou a sua paixão comigo e que me fez apaixonar por estes meninos do Kenya mesmo nunca tendo lá estado.

E a sua paixão, amor e resilência fez o Todos ajudamos  Todos Ajudamos juntar dinheiro para mandar para o Kenya e tentar impedir que estes meninos fiquem sem escola.13.Comer bem para aprender melhor

Se tu que estás a ler também já estás envolvimento, podes também ajudar, nem que seja com 1€ para ajudar o Kenya ou qualquer outro projecto que o Todos Ajudamos apoia, basta enviares uma mensagem e conto tudo o que fazemos.

Deixa de te queixar e mesmo que não sejas uma Susana prova que Todos podemos fazer o Mundo um sitio melhor para viver.

 

 

 

 

 

Melhores aplicações e sites de viagens

Com a vida concorrida como andamos sempre as boas aplicações  e sites de viagens ajudam no pré, durante e pós viagem .

Porque nos orientam e muitas têm como base a experiência de outros viajantes que é sempre a melhor ajuda numa viagem.

Aqui vão as minhas favoritas e com as quais em não vivo sem:

Tripadvisor – nem sabia como viajava sem este site e a aplicação é impossivel escolher um hotel, um restaurante sem antes consulta-lo. – /Tripadvisor

Homexchange – Não sei também como vivia antes deste site, a troca de casas é a experência máxima de viajar. Ficamos na casa de alguém local, com dicas locais e que nos ajuda em tudo. Logo não perdemos nada dda cidade para onde vamos. A minha forma favorita de viajar

Voos 

Skyscanner; Momondo e Hopper – 3 sites/aplicações para procurar voos, convem sempre cruzar os 2 e não se esqueçam de fazer a busca em Ghost ou limpar cookies – Skysanner ; Momondo e Hopper

Seatguru – Se te preocupa muito o espaço que tens para as pernas e qual o melhor lugar esta aplicação é o teu grande guia  – Seat guru

Hóteis

Aqui há mil opções e o melhor é cruzar muitas: Hotel Tonight; Booking; hotels, Agoda para encontrar sempre o melhor preço. Claro que se escolhe com o Tripadvisor por base

Apartamentos

Airbnb – Para alugar casas, apartamentos, barcos … um site maravilhoso para encontrar sempre a sua casa perfeitoaem qualquer parte do mundo – Air bnb

Homeaway – Para alugar casa, apartamentos, barcos … um site maravilhoso para encontrar sempre a sua casa perfeita em qualquer parte do mundo, não sei porque gosto mais desta talvez porque tem o diálogo primeiro como base- Homeaway

Guias de restaurantes

YelpZomato – não existem em todos os paises, mas onde existem são mais especializadas que o Tripadvisor em restauração – yelp e Zomato

A emergir está-se a começar a falar delas, mas ainda têm pouca base; mas convém claro estar atento: Clarice – Clarice e Facet ( videos sobre locais onde viajamos)

 

Espero que estas dicas vos ajudem ainda mais a viajar.

 

 

Resumo de um ano 

Este foi um ano muito diferente, um ano que prova que meio caminho para fazermos o que nos faz feliz é desejá-lo e ir em frente.

Este ano frustei-me no trabalho e isso deu-me a coragem de inovar na minha vida pessoal e cumprir um desejo à muito na minha cabeça – uma licença sabática.

É triste que só uma frustração me leve a tomar decisões não sou essa é com isto aprendi muito.

Aprendi que é possível basta fazer, não ter medo, ir em frente.

Aprendi que ter tempo é algo maravilhoso e único e que vale mais que uma carreira de sucesso, dinheiro, casas .

Aprendi que querer é poder e quando queres consegues tudo e todos os problemas que dai veêm não são nada porque tu queres muito.

Aprendi que o medo tem que ser superado e não nos deve petrificar.

Aprendi principalmente que não devemos ter medo de fugir de convenções pois é quando o fazemos que somos mais felizes.

Assim 2015 foi o ano que eu queria, sai do marasmo, fiz coisas novas, inovei é mais que tudo viagem muito, ajudei muito e tentei ser feliz.

De este ano quero levar uma série de decisões que tomei e tenho que cumprir:

– ser solidária pelo menos uma vez por semana, o rasto que quero deixar na vida é de ajuda, de nunca me esquecer que há pessoas que teêm azar na vida, que nasceram no sítio errado, na hora errada e eu eu que tenho tido muita sorte tenho que ajudar.

É algo que me enche de emoção e me completa e tenho que continuar

– ter tempo para aprender coisas, fazer um curso novo por mês, descobrir as minhas paixões

– ter tempo para os meus filhos e marido, para rir com tempo, brincar com tempo, ensinar com tempo

IMG_8162 (480x640)– não me zangar, a vida é curta e quase nunca vale a pena

– trabalhar no que amo e ter prazer todos os dias

– trabalhar o desapego, não interessa ter, interessa viajar e sentir
Assim o que desejo a todos os que me seguem é que lutem pelo que voa faz feliz , inovem, arrisquem e viagem muito, mas sempre que viajam ajudem alguém, partilhem a vossa sorte saírão mais ricos sempre.

A todos um excelente 2016 vai partilhando as vossas vitórias.

zomato

Hoje a minha viagem foi para bem perto.
A Zomato convidou-me para conhecer as suas instalações o que foi na minha opinião uma acção de charme excelente.
Realmente as empresas têm sucesso por alguma razão e nads é por coincidência e esta empresa está claramente bem posicionada para o futuro:

– ouve a opinião dos consumidores -chamaram-me lá e perguntaram a minha opinião, até hoje não conheci nenhuma empresa que faça isso
– Querem os blogger do seu lado o que também é muito inteligente pois nós como ninguém somos bons evangelizadores ou os piores inimigos
– São dinâmicos e jovens e não têm medo de abrir as suas portas

Assim posso dizer que passem um bom momento e gostei de conhecer o outro lado do Zomato.

Impressionou-me a dimensão da equipa e as instalações são clean e o bom ambiente respira-se.

IMG_6408 (640x473)Mas quem é o Zomato para quem se atreve a não conhecer:
A sua origem é indiana e está presente em mais de 22 paises.e entrou em Portugal há pouco mais que um ano e já é na minha opinião a melhor base de dados de restaurantes em Lisboa e Porto.
Confesso que é uma das minhas maiores fontes de informação para encontrar novos restaurantes e descobrir bons restaurantes.
A quem ainda não utiliza a baixar já a aplicação e a viciarem-se …
Se descobrirem algum restaurante bom avisem

Bons almoço e jantares ….

 

 

 

 

Uma vida depois de uma sabática?

IMG_4857 (459x640) Nestas últimas semanas que me restam antes de voltar na minha cabeça só está como vou conseguir trabalhar depois disto?IMG_4767 (480x640)

Sou um pessoa muito pragmática e sei que tenho que trabalhar e que preciso por isso nada de pensamentos gloriosos de esta experiencia mudou tanto a minha que já não voltou a trabalhar e infelizmente não descobri a pólvora como viver sem trabalhar nesta experiência.

Muito pelo contrário 4 meses sem receber um ordenado e a pagar as despesas fixas mais as despesas de viagem é uma ruina nas finanças de qualquer um.

Mas também sempre foi para isso que juntei por isso estou a gastar cada uma das minhas economias com muito prazer e cada dia vale o dinheiro que não ganho e dinheiro que gasto.

No entanto gostava que esta viagem muda-se a forma como trabalho e gostaria que quando voltasse em Outubro este espirito relaxado que nunca senti na vida antes me conseguisse acompanhar e conseguisse viver com um pouco dele.

Sei que é só uma utopia, mas vou pelo menos tentar.IMG_4665 (480x640)

Outra coisa que percebi nestes meses é a distância que temos dos nossos filhos quando estamos na loucura do dia-a-dia, nesta viagem percebi isso com uma clareza assustadora.IMG_6086 (427x640)

E não tem a ver com o tempo que lhes dedicamos tem a ver fundamentalmente com a intensidade do tempo que dedicamos.

No dia-a-dia quando estamos com eles temos mil coisas a acontecer: preparar o jantar, preparar a roupa do dia a seguir, colocar roupa a lavar, apanhar outra, manter a casa arrumada, marcar consultas de médico, tentar perceber como lhes correu o dia, encontrar atividades que eles gostam, ajudar com os trabalhos e nunca estamos centrados só numa coisa.

Aqui estamos sem nada para fazer completamente centrados em nós os 4 o que nos dá para perceber tudo com muito mais calma.

IMG_4545 (480x640)O David claro que está a aproveitar isso que nem louco, a Ana que no dia-a-dia em Portugal se vai escapando com as suas mentiras e trapalhadas, que por mais atentos que estejamos nunca o conseguimos estar a 100%, aqui está como numa beco sem grendes saidas onde todas as suas mentiras e trapalhadas são apanhadas; mas será que vai aprender? Ela precisava que 2 anos nossos de sabática, mas infelizmente isso não é possivel.. Para os dois também está a ser uma experiência muito diferente.

Como vamos conseguir voltar à nossa vida depois desta pausa; eu espero que todos o consigamos de uma forma diferente, mas eu pelo menos espero que o stress do dia-a-dia não me leve a antes destes 4 meses senão tudo o que aprendi aqui não vai valer a pena.IMG_6072 (427x640)