A vida é uma mudança

MUDANÇA

Mudança é a palavra que mais gosto, adoro aquela adrenalina do novo, a adrenalina de começar e nem saber o que fazer; pesquisar, arriscar e até cair.

Carla a Blogger de viagensEste era o meu mote para 2018 mudar.

Mudar porque estava numa empresa há 13 anos que sempre me deu desafios diferentes e sempre fui mudando, mas precisava de me testar mais alto, saber se continuava a ser capaz, saber se conseguia fazer algo novo, viver a incerteza e principalmente sentir que tinha tentado.

A mudança nunca é fácil, dá-nos um frio na barriga pelo desconhecido e todos os dias perguntamos porquê nos metemos nisto.

Demorei meses a tomar esta decisão, fiz centenas de analises swot, colei post it por todos os meus cadernos durante meses; mas no dia que decidi entrei com convicção e não voltei atrás.

Fiz mil cenários dos mais negros aos mais cor de rosas e não estou em nenhum deles , o que é muito bom.

Sai assim de uma total estabilidade para um total desconhecido: contrato, bom ordenado, boas regalias, para nada….

Agora estou a recibos verdes tenho mais ou menos 4 empregos (há semanas com mais e outras com menos), corro de um lado para o outro, tenho a sensação que ainda podia fazer mais e diferente e nunca sei como será a semana seguinte.

Passou exactamente um mês desde a minha saída e não me arrependo.

Não me arrenpendo porque todos os dias têm surgido projetos novos, porque estou a fazer coisas que nunca fiz antes, porque estou a conhecer meio mundo, porque não tenho chefes, mas sim parceiros de negócios, porque não passo o meu dia a gerir politiquices mas sim a produzir e porque se um dia quero almoçar com o meu marido durante mais tempo o posso fazer, se quero ir à escola dos meus filhos posso ir, se quero passar um dia em casa a trabalhar o faço, se quero fazer Yoga de manhã faço, mas se preferir à tarde também.

Sou mais pobre? Sim sou muito mais, se vou aguentar ser mais pobre também não sei

Mas hoje um mês depois de sair, sei que tenho cabeça e força para trabalhar e ter 6 trabalhos se precisar para ganhar mais.

Que tenho nostalgia, claro que tenho, adorava as pessoas com quem trabalhava, os clientes, o ritmo de uma multinacional, as formações, as viagens de trabalho – que saudades tenho delas… E os amigos que fiz que se mantiveram e na minha opinião de uma forma muito mais forte.

Claro que isto não seria capaz sem ter tanta gente que aceitou esta minha loucura e a apoiou, mesmo que não a entenda.

Se me perguntarem se tenho a certeza que vai correr bem? Não há um dia que não tenha dúvidas, mas essa dúvida também me mantem viva e faz-me sair de casa, e dormir pouco e sonhar que era algo que já não me permitia há muito.

Por isso mudem, não passem a vida toda a odiar algo e não mudam só por medo, ou a desejarem algo e nunca testarem por não saberem

Todos temos formas de encarar a mudança diferentes, mas não deixem a vida comandar-vos, comandem a vossa vida e principalmente pensem todos os dias como se fosse o ultimo, pois isso vai dimensionar se querem que o ultimo vosso dia fosse assim.

Preparem a mudança, arranjem planos de contingência, isso é obvio, mas pensem que não são os mega confortos que vos trazem as melhores felicidades, abdicar de um pouco pode trazer mais.

E eu que tenho todos as minhas raizes em Marketing sei que um bom plano, uma boa estratégia e uma análise de todas as variáveis leva sempre bons resultados e é isso que espero.

BE FREE !!!

Please follow and like us:
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.dicasparaviajar.pt/mudanca/
SHARE
YOUTUBE
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *