Banhos árabes em Granada

Banhos árabes em Granada

banhos arabesConfesso que sempre que vimos à Andaluzia essa é a minha perdição  os banhos árabes E desta vez em granada vim ao hammam Al andalus uma recriação maravilhosa da civilização em volta da água que os árabes tão bem souberam criar.

Com uma arquitetura de cortar a respiração, quando entramos sentimos que entramos numa história das 1001 noites.

Fomos com o nosso filho e todos adoramos.

Há várias piscinas: sala fria para ir depois das piscinas quentes que a água deve vir diretamente da serra nevada de tão fria que está, água morna e água mais quente que é deliciosa.

Depois há ainda o banho turco e a maravilha da massagem.

É um pouco caro, mas as duas horas que passamos lá tiram qualquer stress que exista no nosso corpo.

O nosso filho diz que estava na história de ali baba e os 40 ladroes.

A mim vi-me como princesa árabe a ser mimada.

Cada um vai montar a sua história de tão maravilhoso que é o sítio.

Não percam está experiência maravilhosa e esqueçam tudo o que está associado negativamente ao mundo árabe e lembrem-se que vale muito a pena entrar na sua cultura que é maravilhosa e digna de conhecer.

Aqui fica o link dos banhos árabes para investigarem mais :

http://granada.hammamalandalus.com/

Hogar de ninas madre Albertina

 Hogar de ninas Madre Albertina
Hogar de ninas Madre Albertina

Quase no final da nossa visita à Nicarágua

Acreditamos que sempre que viajos devemos dedicar um pouco de dinheiro e tempo para ajudar uma instituição do país que estamos a viajar.

IMG_9284 (427x640)
Hogar de ninas Madre Albertina

Isso permite-nos conhecer melhor o pais e fazer algo melhor.
Desta vez o tempo não foi muito, mas fizemos questão de passar o nosso último dia no Hogar de ninas Madre Albertina, podem ver tudo sobre esta instituição aqui Website ou Website.
É uma organização religiosa e que recebe meninas em risco, sendo que as problemáticas são as mesmas em todo o mundo: violência doméstica, abusos.
A recepção foi optima e fizeram uma visita por toda a instituição que está muito bem pensada e com uma elevada tentativa de criar um ambiente de lar em cada local dando espaços próprios com base na idade de forma a mais fácilmente se integrarem e se sentirem crianças, adoclescentes …

O quarto das pequenas cheia de rosa e princesas e os das adolescentes cheio de poster de bandas
Depois da visita ficamos a ajudar as meninas a estudar para um teste que tinham à tarde – Moral, lá tive que recorrer ao Google e aos elevados conhecimentos do meu marido.
Todas as crianças são magnificas e mesmo a menina que tinha entrado na véspera estava já hiper integrada.
Brincamos, revemos a matéria e infelizmente tivemos que vir embora;com o coração mais uma vez pequenino e cheio de vontade de ajudar mais e conseguir fazer mais .

Quem queira fazer voluntariado é uma excelente instituição para o fazer, pois está no centro de Granada e tem poucas ajudas não se pode ficar na instiuição, mas há muitas opções à volta.

Mais o voo de volta esperava por nós e lá fizemos mais uma viagem a sonhar com o dia que voltavamos e ficariamos mais tempo.

San Juan del sur

Viajar é ser flexivel À Mudança

Começamos a organizar o next step e decidimos que a seguir iriamos para a Isla Ometepe que está dentro do Lago Cocibolca, uma ilha vulcanica com 2 vulcões e em teoria um pequeno paraíso já quase a chegar ao nosso último destino – San Juan del Sur.

Assim lá fomos nós a caminho do porto com esperança de conseguir vaga no barco das 14h30 depois de fazermos uma massagem e uma aula de Yoga maravilhosa na Pure –  Pure

Rosita - san juan del sur
Rosita – san juan del sur

Claro que as viagens são mesmo assim e sendo sábado de Páscoa quando chegamos ao porto era o caos total, mil carros, quilos de pessoas e claro havia espaço para nós e para o carro para irmos, mas voltar só na 4ª feira. O que nos fez encostar a uma berma e reorganizar o plano.

A solução era ir primeiro para San juan e visitar o lago de lá que é muito perto, mas para isso teriamos que converncer a casa a receber-nos um dia mais cedo ou irmos para o hotel.

O meu marido com a sua fantástica cara de pau pegou no telefone e convenceu-o em menos de 1 minuto.

E assim lá fomos nós a caminho de San juan

San juan del sur - Homexchange
San juan del sur – Homexchange

A chegada às casas da Homeexchange é sempre um deslumbro e novamente aconteceu. A casa é linda e o Luis o “cuidador” hiper simpático. Fomos também recebidos pela Rosita um papagaio que fala que não para.

Essa noite nem pensamos em sair da casa compramos uma carne de qualidade, vários vinhos e deliciamo-nos a dar mergulhos na piscina e a aproveitar esta magnifica casa com umas vistas lindas da Costa Rica.

A Indie uma cadela muito simpática foi-nos fazendo companhia pela entrada da noite com o meu calorzinho de 30 graus pela noite dentro que eu adoro.

Que prazer é viajar!!!

Granada

Passeando por Granada

 

fim de semana no lago em Granada
fim de semana no lago em Granada

Granada é uma cidade Colonial linda, apenas passear pelas ruas é um prazer imenso.

Mas como tinhas pouco tempo organizamos os nossos dias ao detalhe para conseguirmos ver tudo.

ilhas privadas em las isletas
ilhas privadas em las isletas

Primeiro começamos por visitar Las isletas, 365 ilha formadas por a ultima errupção do vulcão que se transformaram em ilhas privadas, restaurantes … aqui é possivel comprar uma ilha e construir lá a nossa casa e posso dizer que não é um sonho impossível – 200 mil dolares e compra-se uma ilha.

A visita de barco é meramente turistica, mas vale a pena a experiência principalmente porque se apanha o barco numa praia do lago que é onde os habitantes passam os seus momentos de lazer, e são às centenas e é muito divertido ver como passam o seu fim de semana.

Há street food aos montes, todos levem lancheiras e acampam (literalmente) em regime de convivio o dia todo pela praia; há raves, baile, insufláveis … Um passeio por aqui é realmente estar na Nicarágua real ao contrário do passeio de barco.

Raspados em Granada
Raspados em Granada

Claro que fizemos o tipico passeio de coche em cavalo branco pela cidade.e fomos perdendo-nos pelas ruas antigas desta cidade colonial, entrando nas emblemáticas igrejas, comendo nos fantásticos restauramtes e claro a praticar o nosso Yoga.

É daquelas cidade que valem a pena deambular, mais ainda em periodo de Páscoa em que toda a cida está em festa.

Tour em Granada
Tour em Granada

Depois há que falar da noite em Granada, que noite.

Para começar começa-se a ir oara um discoteca às 21h, nós quando chegamos já perto das 23h já estava naquele momento decadente de desespero do tenho que encontrar alguém rápido independente do seu estado, o estado deambulava em total alcoolismo, coma e estou aqui estou ali a vomitar. E para acrescentar bar aberto para as mulheres, posso dizer que passamos uma bela noite.

 

A caminho de Granada

Depois de deixaram o paraíso de Little Corn Island dirigimo-nos para Granada, sim também existe uma na Nicarágua.

Conta a história que quem descobriu esta cidade foi descoberta pelo Espanhol Francisco Hernandez de Córboda e que ele chamou à cidade Granada ( devia de ser a cidade favorita dele). Esta cidade é a cidade mais antíga da América sendo assim uma bonita cidade colonial que merece uma visita.

Para chegarmos a Granada alugamos um carro, a uma pessoa que vive na Nicarágua e que nos consegui um preço magnifico por uma pick up espectacular (magnifico contacto do nosso homeexchanger).

IMG_8796 (640x427)Rápidos procedimentos de entrega do carro e lá vamos nós a caminho de Granada.

O caminho é muito fácil e 1 hora da capital. Por mais curioso que seja há poucos carros e a carroça e o cavalo ainda é um transporte muito utilizado neste país.

Além disso os autocarros entre as cidade povoam a maioria dos carros que nos cruzamos na estrada e os carros estão longe de respeitarem as lotações, as pick ups são os carros oficiais e sempre utilizando o espaço de carga para levar pessoas. IMG_8807 (427x640)

Nicarágua está a sofrer uma seca visivel nesta viagem, parece que praticamente não chove há 3 anos e toda a paisagem está seca.

Chegamos a Granada e a nossa escolha de hótei foi um fantástico hotel colonial numéro 1 nas guest houses em Granada e mal chegamos ao hotel percebemos porquê.

O hotel é simplesmete lindo – Miss Margrits

Acomodamo-nos damos um belo mergulho na piscina que bem precisavamos depois desta longa viagem e preparamo-nos para ir jantar nos mil restaurantes que há pela cidade.

 

Granada

Granada

Granada é uma cidade que nos faz recuar anos e anos e fazer-nos sentir em terras de odaliscas e princesas àrabes.

 

Sites de consulta 

www.granada.org

Tapas

Pilar del Toro – Plaza sta Ana – 12 – a partir de 15€ (beringelas recheados)
Bar Casa Julio – na praça sta ana – mais rustico, taberna de rua, boa qualidade nas tapas de peixe – 4€

Las tomasas – frente ao convento de las tomasas – vista deslumbrante num local mais elaborado – com jantar completo –  20€ – 958 224 108
El huerto de juan ranas – diante do mirador de san nicolás – vale pelo serviço e localização, vistas para alhambra – 10€
Café bar lara – praça de s. Miguel – praça pitoresca de albaicin – uma boa esplanaa, destaque para os cogumelos com camarões 10€
Puerta del Carmen – Magnifico restaurante de tapas- Plaza del carmen 1
Antita bodega catañeda – calle Elvira 5

 

Restaurantes

Azafran – Restaurante com excelentes vistas – paseo de los tristes 1

Teterias

Na calle calderia nueva (teterias e lojas)
Kasbah – 958227936
Pervane – 958 226 507
Dar ziryab – 958 229 920
Del banuelo – uma experiência mais autentica
Nazari

Compras

Calle caldereria nueva

Banhos Árabes

Calle sta Ana – 0034 958 229 978/ 00 34 902 402 902 – 10h às 24 h – aromoterapia – 13€ ( com massagem 20 €). www.hammanspain.com

A ver

Sacramonte – bairro andaluz com muitas cuevas
Zambra maria sacramonte – a melhor cueva de flamenco
Alhambra – reservar bilhete pela internet