Ubud onde o Yoga está em cada esquina

Uma das razões de querermos passar tantos dias em Ubud era pelo Yoga.

Eu queria aproveitar para melhorar e ter a experiência de ter muitos professores em 10 dias e o Tomás de retomar e Ubud é a cidade para isso. Yoga em Ubud Yoga em Ubud

O Yoga barn é um clássico aquele sítio que respira bem-estar, com mais de 20 aulas por dia, tratamentos, cursos e sessões privadas.

Está igual que há 3 anos atrás até alguns professores se mantêm.

O problema é que estamos em época alta e chega a haver 50 pessoas numa sala o que obriga a chegar sempre cedo para estarmos mais ou menos à frente.

Aqui tive das melhores experiências da minha vida com o Swamia e uma aula de Meditação com taças tibetanas é único o que senti naquela aula . 1 hora pareceu 5 minutos e as sensações no corpo foram impressionantes. Não consigo descrever a sensação mas convido todos a experimentar. É um healing com taças tibetanas e tive pena de só o descobrir no último dia senão tinha feito uma sessão privada com ele.

Yoga em UbudDepois as restantes aulas mais na minha vertente: Hatha, gentle yoga, yin yang yoga , yin yoga um pouco de tudo fui experimentando.

Descobrimos também outro centro de Yoga mesmo na nossa rua Radiantly Alive onde tive a segunda melhor experiência sky yoga.

É das experiências mais libertadoras que pode existir onde conseguimos fazer tudo, mas temos que soltar os nossos medos.

Amo e claro vou a seguir querer investir no curso de professora de sky yoga, mas claro que para isso tenho que voltar. Por azar começava um em 10 dias mas já não estamos cá .

Aqui experimentamos muito sky yoga e vinyasana.

Gostei muito dos professores e as salas são também maravilhosas.

As dores de corpo foram grandes, mas o prazer maior ainda.

Resultado querer ir fazer o curso de taças tibetana e sky yoga. A ver se em Portugal consigo algum.

Deixo alguns contatos de escolas que adoro:

Yoga Barn – http://www.theyogabarn.com/

Radiantly alive –  https://www.radiantlyalive.com/

Budha House – https://www.intmassubud.at/

 

 

E voltei a Ubud

Depois de 30 minutos de barco, 3 horas de carro, 3 aviões e 45 minutos de carro chegamos a Ubud.

Ubud para mim é aquele sítio, já cá estive 3 vezes e sempre por muitos dias e saio sempre com a sensação de que era aqui que deveria viver.

Ubud Budis House

É difícil explicar porque, acho que acima de tudo é uma sensação.

A primeira vez que já estive foi há 11 anos atrás, sim mudou muito Ubud depois disso, há mais turistas, mais trânsito, mais confusão, mais restaurantes, mas para mim a essência de beleza e relax está lá.

Chegamos perto da 1 da manhã ao hotel que como sempre é um pequeno hotel, desta vez Budi house. Uma casa em que alugam quartos, este com uma bela piscina e 18€ por quarto e no centro de Ubud.is, amanhã começa a nossa maratona de Yoga e de exploração pela cidade.Ubud

Queríamos água e claro que estava tudo fechado, mas claro também que o dono arranjou uma garrafa para nós, são estas pequenas coisas que fazem de Ubud o sítio perfeito.

Dormimos, porque amanhã há tanta coisa para rever e  comer pois a comida aqui é de nos perdermos.

Amo este sitio!! Voltar aqui é a minha verdadeira felicidade.

Ubud Pequeno guia

IMG_4885 (480x640) Em Ubud podemos perder-nos com tantas opções por isso deixo aqui um mini guia de opções
Hotéis
Aqui desta vez não posso recomendar muito, pois estive em homeexchange, mas há mil opções e todas muito baratas eu recomendo um que estive em 2007 e custa 20€ com piscina e pequeno almoço e está bastante bem:

Gusti garden bungallows

Yoga
Yoga Barn – o espaço é magnífico, tem mais de 140 aulas semanais, num sistema fantástico, pagas 15 minutos antes e vais para a aula. Além disso tem um restaurante ayurvedico, um centro de terapia Ayurvedica e bungallows para alugar também.

Além das aulas regulares têm cursos mais intensivos de Yoga, deixo ….
Radiantly Alive  – tem também aulas a decorrer de manhã e tarde e o espaço também é bonito, mais de interior, mas bonito
IMG_6072 (427x640)
Waroeng Bernadette – maravilhoso o rendang de beef a não perder, o nasi goreng também é bom, o restaurante é também muito bonito
Putu’s wild ginger warung – o melhor restaurante de Ubud, a comida é qualquer coisa de espectacular, não perder o guacamole com batata doce e o Putu’s goreng kecap
casa Tacos – magnífica comida mexicana IMG_4592 (480x640)

Padi orgânic – no meio dos Campos de arroz, lindo com mesas privadas para um jantar/almoço romântico

Buda bali- comida orgânica deliciosa num restaurante como uma decoração excelente
Curso cozinha

Balinese farm cooking & orgânic farm  – Recomendo este que é uma experiência única, foi das melhores comidas que comemos e fomos nós a fazer, o local é magnífico, e és tu que fazes tudo, desde apanhar os ingredientes no quintal a cozinhar, é uma tarde do mais gourmet
Danças

Pelo menos não perder as danças no café lotes aos sábados às 7h30 e no palácio, são as mais imperdíveis.

Depois basta andar pelas ruas e muitas vezes vão apanhar ensaios, ou cerimônias locais que tem sempre danças e é gratuito.

Ubud 

IMG_4643 (640x480)Estive em Ubud em 2007 há já 8 anos depois disso apareceu o livro comer, amar, orar e depois o filme em que uma parte é aqui, e este pequeno paraíso passou de desconhecido a um hit de Bali.

Pensamos muito se voltávamos aqui ou não porque tínhamos este sítio no nosso top e não queríamos desilusões, mas como poderíamos estar em Bali sem passar por cá ? Nem que seja pela curiosidade.

Assim programamos uma semana aqui em Ubud, trocamos casa com uma Americana que tem aqui a sua segunda casa no meio dos Campos de arroz e vínhamos na expectativa.

Toda as pessoas com quem falávamos nos comentavam como agora íamos odiar porque estava cheio de trânsito e tinha perdido a mística.

Há claro partes de  isso que são verdade, tem quilos de trânsito, quilos de turistas, cresceu 10 vezes o que era, e nada de rua em terra e meia dúzia de restaurantes, mas a mística, o relax, o holístico que é este sítio ninguém o tira …Tem algo de especial difícil de descrever por palavras.
É tudo à volta do culto do corpo, à volta da saúde e está metido no meio dos campos de arroz que lhe dá umas paisagens de tirar a respiração.

A nossa casa desta vez está na propriedade de uma família balinesa, por isso não podíamos viver mais dentro do espírito de Ubud, a casa fica fora de Ubud, no meio de fantásticos campos de arroz, o que nos dá umas refeições maravilhosas, no nosso terraço.

IMG_4842 (480x640)Aproveitamos claro para fazer Yoga, no yoga Barn, um local lindo, 100% dedicado à vida ayurvedica e todas as suas práticas, este local tem uma dinâmica única, aulas todos os dias de Yoga das mais variadas correntes, terapias alternativas, um restaurante orgânico, e palestras constantes… Fizemos aqui algumas aulas bem desafiantes. Este era a empresa que gostava de ter em Portugal.

Fizemos também mais um curso de culinária desta vez numa quinta e ainda adoramos mais a comida,  o local era no meio dos Campos de arroz e os pratos que fizemos quais deles os melhores: Tempe, atum, caril de galinha satay e ainda uma sobremesa.

Posso dizer sim é verdade que Ubud mudou, claro que gostávamos todos que Ubud fosse só para nós, mas mesmo assim eu teria passado aqui um mês.

Se não tivéssemos já coisas marcadas ficaríamos aqui até Setembro a usufruir desta vida mística que só Ubud tem.
Por isso se pensas vir até cá não penses duas vezes, vem simplesmente é decidi se queres ficar no centro, no meio dos Campos de arroz ou até num dos melhores hotéis do mundo todas essas opções são possíveis.